O impacto da COVID-19 nas empresas de tecnologia


Por: Servidor VPN 

A pandemia e, como consequência, quarentena do novo coronavírus exigiu uma reestruturação de diversos setores de nossa sociedade. Com o isolamento social e trabalho em casa, por exemplo, diversos serviços como bares e restaurantes tiveram uma queda abrupta de sua fonte de renda. Ao mesmo tempo, indústrias que se alinham com a nova dinâmica dos usuários, como aplicativos de delivery, observaram um grande aumento em seu faturamento. 

 
 Com a migração para home office e a grande importância da internet e dispositivos inteligentes no mundo atual, veja como que a relação dos usuários com a tecnologia foi afetada durante a crise, e qual é seu impacto nas empresas de tecnologia.

Privacidade e confiança

 Um exemplo das mudanças no setor da tecnologia causadas pela COVID-19 é a nova preocupação dos usuários em relação a sua privacidade. Embora antigamente muitas pessoas não tivessem muito conhecimento das práticas de segurança digital, como as permissões em seu smartphone e o importante uso de um servidor VPN, novas práticas governamentais e privadas têm aumentado a preocupação dos internautas. 
 Uma pesquisa recente conduzida por uma empresa americana constatou que 75% dos usuários não confiam nas técnicas de rastreamento de contatos introduzidas recentemente pela Apple e Google. Tais mecanismos permitem que um smartphone reconheça que cruzou com outro smartphone cujo proprietário possui confirmação da doença, o que poderia auxiliar no controle da disseminação. Embora 59% dos que responderam sugerissem que abandonariam um pouco de sua privacidade em nome do bem coletivo, figuras como Edward Snowden apontam que a pandemia pode servir de bode expiatório para que a invasão à nossa privacidade seja cada vez maior. 

 No Brasil, as empresas de telefonia móvel em parceria com o Ministério da Saúde passaram a monitorar a localização e movimentação de usuários utilizando-se das torres de dados móveis. Os dados serviriam para analisar padrões de comportamento, frequência em postos de saúde, sinais de aglomerações e outros índices importantes para a epidemiologia. Não é possível desabilitar esse recurso, no entanto, as operadoras garantem que os dados são anônimos. 
Demanda fora do normal

 Outro grande efeito do isolamento social é o aumento considerável da demanda por serviços de entrega e compras online. O desafio dos setores de transporte e logística tem sido tomar conta da demanda dobrada causada pela migração do consumo para a internet, muitas vezes, isso ainda é exacerbado pelo número reduzido de funcionários ativos em galpões, transportadoras e setores de atendimento. 

 Ainda assim, para os que conseguem se adaptar à demanda, a situação é extremamente favorável. Jeff Bezos, diretor executivo da gigante do varejo Amazon, teve aumento de 23 bilhões de dólares em 2020 devido ao maior fluxo de compradores no site. 

 Aplicativos de transporte de alimentos, como iFood e Uber Eats, também observaram crescimento constante durante o período de quarentena, e se tornaram ferramentas essenciais para que muitos restaurantes não quebrassem por completo – Ao substituírem o atendimento presencial pelas plataformas digitais, foram capazes de manter a entrada de caixa, mesmo no ambiente ultracompetitivo dos apps de alimentação. 

 Críticos, no entanto, apontam que esses mesmos aplicativos colocam demanda irrecuperável em cima dos donos de estabelecimentos. Com a pandemia, o percentual cobrado por cada venda aumentou de forma oportunista, e para muitos negócios, chega a equivaler ao lucro e fluxo de caixa disponíveis para o proprietário, causando problemas na hora de fechar as contas. Especialistas recomendam que restaurantes se utilizem dessas plataformas como alavancas para marketing e conhecimento popular, mas que desenvolvam planos de transição para não depender unicamente dos aplicativos.

 Outro resultado de novas demandas oriundas do isolamento social é, sem dúvidas, o aumento de preço de itens do setor da tecnologia. Sites agregadores de preços reportam curva de aumento considerável no valor de webcams, computadores e laptops, e smartphones. Isso se deve a medidas como o trabalho à distância por videoconferência, instituições de ensino que aderiram ao EAD, e necessidade de atividades e equipamentos para manter a viabilidade do isolamento dentro de casa. 

Conclusão

 A quarentena induzida pelo novo coronavírus exigiu mudanças radicais na dinâmica cotidiana da sociedade atual. Com o auxílio da tecnologia, é possível minimizar o impacto das medidas de distanciamento, mas é importante se atentar aos custos que tais medidas podem, indefinidamente, demandar de nossos direitos mais fundamentais, como a privacidade. Novos modelos de trabalho, flexibilização do uso de serviços digitais, e uma nova interpretação à respeito de nossos aparelhos eletrônicos podem vir a ser as heranças mais consideráveis desse período histórico. E dentro do tema de tecnologias importantes durante a pandemia, conheça 6 tecnologias em cloud que ajudam as empresas durante a pandemia.  

Participe das comunidades tecflow no Telegram, FacebookLinkedInInstagram Twitter.

https://www.tecflow.com.br/feed

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.