Chamada de Machine Vision, a nova tecnologia pode permitir às máquinas adquirirem a capacidade de observar e interpretar o ambiente em que se encontram, isso pode viabilizar ainda mais as atividades industriais de baixo desperdício e visa alta eficiência.

Para aproveitar os recursos da Machine Vision, equipamentos industriais utilizam câmeras de alta definição e fidelidade para capturar imagens do ambiente. Com capturas, o equipamento utiliza algoritmos de reconhecimento de padrões sofisticados para avaliar posições, identidades ou condições.

Na Internet Industrial das Coisas (IIoT), por exemplo, a Machine Vision oferece mais visibilidade dos recursos que geram, também, mais visibilidade de suas operações de uma forma geral. Com sensores e hubs com a tecnologia, os proprietários e operadores possuem conexão bidirecional de dados entre o(s) equipamento(s) e a equipe, podendo transmitir informações em tempo até mesmo parceiros e clientes – é como ter olhos em qualquer lugar.


A Machine Vision unida a IIoT leva a Indústria 4.0, a quarta revolução industrial, que já está acontecendo. A expectativa é que, em breve, essa tecnologia aumente a adoção da Internet das Coisas (IoT) em todos os segmentos.

Via: Sipotek

Participe das comunidades tecflow no FacebookLinkedInInstagram Twitter


https://www.tecflow.com.br/feed

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.